quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Maguila

O ex-pugilista José Adílson Rodrigues dos Santos, o Maguila, aparentava bom humor no final da manhã desta quarta-feira enquanto prestava depoimento no 10º Distrito Policial (Penha), na zona leste de São Paulo, por suposta lesão corporal e ameaça. Em entrevista ao Terra, ele confirmou a agressão e mostrou como acertou o segurança do Parque Ecológico do Tietê, também na zona leste, Raimundo Francisco dos Santos Filho.

"Dei um 'jab' (golpe de boxe) nele, de esquerda, assim ó", disse o pugilista, desferindo um golpe no repórter. Ainda de acordo com o ex-atleta, os seguranças o cercaram antes da agressão. Os homens estavam com um facão de cerca de 50 cm de comprimento, mas teriam fugido após o golpe de Maguila. "Eles foram 'bunda mole', correram com o facão e tudo", disse o ex-pugilista.

O delegado que investiga o caso afirma que ainda não é possível determinar quem tem razão nos fatos. "Ele realmente confirma a agressão, mas diz que os funcionários mostraram a arma antes. Não sabemos quem está com a verdade", disse o delegado Marcos Gercke. Maguila tem passagem na polícia por desacato a autoridade.

O segurança agredido ainda tinha no rosto as marcas da agressão. Seu nariz e boca ainda tinham vestígios de sangue. Raimundo afirma que Maguila foi desde o princípio agressivo e se recusou a se identificar na entrada do parque. Segundo ele, o uso da arma foi uma precaução pelo tamanho do ex-pugilista.

"Um cara daquele tamanho, você não vai segurar sozinho", disse Raimundo. Ainda de acordo com ele, a agressão não pareceu ter qualquer motivo aparente. "Ele disse 'o que você está olhando pra mim?' e não deu tempo de responder. Ele já foi dando soco", disse o segurança.

O boletim de ocorrência ainda está sendo elaborado pela políca. Ao final, todos devem ser liberados, pois a agressão física leve e sem uso de armas é considerada um crime de menor potencial ofensivo. Caso Maguila ou os seguranças sejam indiciados, a pena aplicada deve ser a de serviços à comunidade ou multa

Visitantes de todos os lugares

Fernando