domingo, 27 de fevereiro de 2011

Espaço Japão


Sufixos dos nomes
No Japão, costuma-se adicionar sufixos aos nomes para indicar respeito, afeição etc. A falta de um sufixo indica que você é extremamente próximo a pessoa que você está se referindo. Isto explica porque a Rei chama Usagi de "Usagi" (sem o -chan), e por que Minako e Usagi se espantaram ao ver Haruka chamar Michiru sem o sufixo (elas se perguntavam se a relação entre Haruka e Michiru era tão intima que elas podiam chamavam uma a outra sem utilizar sufixos).
-chan: chan é utilizado para crianças. É usado também para demonstrar afeição, proximidade, estima . As Inner Senshi utilizam este sufixo para chamar uma a outra: 'Usagi-chan,' 'Rei-chan,' 'Ami-chan,' etc.As Outer Senshi são mais velhas que as Inner Senshi, e portanto também utilizam -chan ao se referir as Inner. Entretanto, -chan também é utilizado para demonstrar estima, o que explica porque Usagi and Chibi-usa chamam Mamoru de 'Mamo-chan.'
-ko: Este sufixo sempre é adicionado ao nome de meninas.
-kun: Geralmente utilizado para garotos, mas pode ser utilizado para meninas                também. Mas para isso, você não pode ser tão íntimo da pessoa, mas deve ser da mesma idade. Por exemplo: as Inner Senshi chamam Seiya de 'Seiya-kun' e Yaten de 'Yaten-kun.'
-sama: Para um tratamento formal ou mais respeitoso. Equivale a Sr. ou Sra, e, algumas vezes, é utilizado no lugar de -kun. Pode ser utilizado também para chamar um rei, rainha ou outra realeza. (Diana chama Usagi e Mamoru de -sama porque eles são os futuros reis do Tokyo de Cristal).
-san: indica respeito. Você pode chamar qualquer pessoa que seja mais velha que você - ou que você não tenha tanta intimidade - usando este sufixo. Usar o sobrenome + -san é comum. As Inner Senshi chamam Haruka de 'Haruka-san,' Michiru de 'Michiru-san,' e Setsuna de 'Setsuna-san.' Hotaru chama Usagi de 'Usagi-san.'
-tachi: Quando você está falando de um grupo de pessoas. Dizer 'Haruka-tachi' é o mesmo que dizer 'Haruka e todo mundo que está junto com ela' ( mas, usualmente isto quer dizer "Haruka e Michiru" ^_^).
Existem muitos outros sufixos mas estes são os mais comuns.

Mangá 

O mangá (português brasileiro) ou manga (português europeu)
japonês: 漫画
É a palavra usada para designar as histórias em quadrinhos feitas
no estilo japonês. No Japão, o termo designa quaisquer histórias
em quadrinhos.

Vários mangás dão origem a animes para exibição na televisão,
em vídeo ou em cinemas, mas também há o processo inverso em que
os animes tornam-se uma edição impressa de história em sequência
ou de ilustrações.

História

Um gravura de Katsushika Hokusai precursora do mangá moderno.

Os mangás têm suas raízes no período Nara (século VIII d.C.),
com o aparecimento dos primeiros rolos de pinturas japonesas: os emakimono.
Eles associavam pinturas e textos que juntos contavam uma história à medida
que eram desenrolados. O primeiro desses emakimono, o Ingá Kyô, é a cópia de
uma obra chinesa e separa nitidamente o texto da pintura.
A partir da metade do século XII, surgem os primeiros emakimono com estilo japonês.
O Genji Monogatari Emaki é o exemplar de emakimono mais antigo conservado,
sendo o mais famoso o Chojugiga, atribuído ao bonzo Kakuyu Toba e preservado
no templo de Kozangi em Kyoto. Nesses últimos surgem, diversas vezes, textos
explicativos após longas cenas de pintura. Essa prevalência da imagem assegurando
sozinha a narração é hoje uma das características mais importantes dos mangás.

No período Edo, em que os rolos são substituídos por livros, as estampas eram inicialmente
destinadas à ilustração de romances e poesias, mas rapidamente surgem livros para ver
em oposição aos livros para ler, antes do nascimento da estampa independente com uma
única ilustração: o ukiyo-e no século XVI. É, aliás, Katsushika Hokusai o precursor
da estampa de paisagens, nomeando suas célebres caricaturas publicadas de 1814 à 1834
em Nagoya, cria a palavra mangá — significando "desenhos irresponsáveis" — que pode
ser escrita, em japonês, das seguintes formas: Kanji (em japonês: 漫画, Kanji?),
Hiragana (em japonês: まんが, Hiragana?), Katakana (em japonês: マンガ, Katakana?) e Romaji (Manga).

Os mangás não tinham, no entanto, sua forma atual, que surge no início do século XX
sob influência de revistas comerciais ocidentais provenientes dos Estados Unidos e
Europa. Tanto que chegaram a ser conhecidos como Ponchie (abreviação de Punch-picture)
como a revista britânica, origem do nome, Punch Magazine (Revista Punch), os jornais
traziam humor e sátiras sociais e políticas em curtas tiras de um ou quatro quadros.

Diversas séries comparáveis as de além-mar surgem nos jornais japoneses: Norakuro
Joutouhei (Primeiro Soldado Norakuro) uma série antimilitarista de Tagawa Suiho, e
Boken Dankichi (As aventuras de Dankichi) de Shimada Keizo são as mais populares até
a metade dos anos quarenta, quando toda a imprensa foi submetida à censura do governo,
assim como todas as atividades culturais e artísticas. Entretanto, o governo japonês
não hesitou em utilizar os quadrinhos para fins de propaganda.

Sob ocupação americana após a Segunda Guerra Mundial, os mangakas, como os desenhistas
são conhecidos, sofrem grande influência das histórias em quadrinhos ocidentais da época,
traduzidas e difundidas em grande quantidade na imprensa cotidiana.

Nessa época, mangás eram bastante caros, começaram a surgir compilações em akahons
(ou akabons, livros vermelhos), livros produzidos com papel mais barato e capa vermelha
e do tamanho dos cartões postais (B6).[1]

É então que um artista influenciado por Walt Disney e Max Fleischer revoluciona esta
forma de expressão e dá vida ao mangá moderno: Osamu Tezuka. As características faciais
semelhantes às dos desenhos de Disney e Fleischer, onde olhos (sobretudo Betty Boop),
boca, sobrancelhas e nariz são desenhados de maneira bastante exagerada para aumentar
a expressividade dos personagens tornaram sua produção possível. É ele quem introduz
os movimentos nas histórias através de efeitos gráficos, como linhas que dão a impressão
de velocidade ou onomatopeias que se integram com a arte, destacando todas as ações
que comportassem movimento, mas também, e acima de tudo, pela alternância de planos
e de enquadramentos como os usados no cinema. As histórias ficaram mais longas e
começaram a ser divididas em capítulos.

Em 1947, Tezuka criou publicou no formato akahon, um mangá escrito por Sakai Shichima,
Shin Takarajima (A Nova Ilha do Tesouro), um título de grande de sucesso que chegou a
vender 400 mil exemplares. 

Mulher Japonesa


12 comentários:

  1. seus mangas são completamente lidos de viver continue fazendo estes lindos mangas!!!
    beijos!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. mangás muitos lindo parabens

    ResponderExcluir
  3. Everything is very open with a really clear clarification of the challenges.
    It was really informative. Your site is useful.
    Many thanks for sharing!

    Also visit my weblog; Com.Py

    ResponderExcluir
  4. wonderful post, very informative. I ponder why
    the other experts of this sector do not notice this. You must proceed your writing.
    I'm sure, you've a huge readers' base already!

    Take a look at my web page - Avvolodin.ru

    ResponderExcluir
  5. I have fun with, result in I found just what I was having
    a look for. You've ended my four day lengthy hunt! God Bless you man. Have a great day. Bye

    Look into my web page :: cheap dental implants

    ResponderExcluir
  6. Thanks for ones marvelous posting! I truly enjoyed reading it, you could be a great
    author.I will make certain to bookmark your blog and
    will come back sometime soon. I want to encourage you to continue your great writing, have a nice morning!



    My blog post :: Dental plans

    ResponderExcluir
  7. Hi! This post could not be written any better! Reading through this post
    reminds me of my good old room mate! He always kept talking about this.
    I will forward this page to him. Fairly certain he will have a good read.
    Thanks for sharing!

    Also visit my website; art-psychotherapist.ru

    ResponderExcluir
  8. Pretty! This was a really wonderful post. Thanks for supplying this
    info.

    Also visit my web blog; www.diving-Australia.org

    ResponderExcluir
  9. If you enjoyed the blog, do not forget to comment with your friends and friends can also contribute by giving some hint about something they find interesting, because the blog Nikitokun aims Innovation and Evolution, ie everything that is good to develop human mind. I hope for the materials! hugs

    ResponderExcluir
  10. I get this even before "Espa�o Jap�o". We are in Orange County|an OC real estate.


    Feel free to visit my webpage :: Video Production Companies

    ResponderExcluir
  11. Asking questions are truly pleasant thing if you are
    not understanding something completely, but this paragraph provides good understanding even.



    Here is my page: video marketing software

    ResponderExcluir

Sugestões, Críticas ou Elogios.

Visitantes de todos os lugares

Fernando