quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Telefônica prevê integração da Vivo a partir de outubro

SÃO PAULO - A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) deverá aprovar a compra da Vivo por parte da Telefónica até o início de outubro, estimou a diretora de Relações Institucionais da Telefônica, Leila Loria. "Estimamos a aprovação em 60 dias. Essa aprovação, para nós, é simples, porque a Telefónica já participava do bloco de controle da Vivo. É um aumento de participação e nos parece que é uma anuência prévia mais simples do que de outras operações", disse ela ao participar hoje em São Paulo da ABTA Feiras e Congressos 2010.
A expectativa da executiva é de que com a anuência da Anatel comecem os primeiros passos para a integração das operações de telefonia móvel da Vivo e de telefonia fixa da Telefônica. "A anuência prévia da Anatel é o que irá disparar a integração para os consumidores", disse. Segundo ela, uma das primeiras iniciativas a ser desenvolvida será a extensão da comercialização dos serviços de TV por assinatura da Telefônica na tecnologia DTH (via satélite) para todo o Brasil. "Nosso satélite já cobre o País, mas as vendas se concentram apenas em São Paulo", disse.
O diretor geral da Telefônica, Mariano de Beer, disse hoje que a companhia pretende atingir a base de 10 mil domicílios até o final deste ano conectados com a tecnologia de fibra ótica. "Por enquanto não estamos fazendo propaganda porque o serviço só está disponível em 22 bairros de São Paulo", afirmou. Segundo ele, a banda larga na fibra ótica poderá ser barateada conforme a tecnologia seja expandida. Atualmente, os pacotes custam em torno de R$ 300,00 e incluem uma velocidade de até 100 mega.
A Telefônica lançou durante a ABTA, em parceria com a TVA, o "OnVídeo", que é um serviço, disponível aos assinantes de banda larga, que oferece mais de dois mil títulos de filmes, séries e documentários nacionais e internacionais para download. O acesso aos conteúdos será por meio do controle remoto, mediante a uma mensalidade de R$ 19,90. As primeiras vendas acontecem na segunda quinzena de agosto para um grupo de clientes da Telefónica e TVA. Os filmes poderão ser alugados ou comprados a partir de R$ 3,90.

Fonte: Estadão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sugestões, Críticas ou Elogios.

Visitantes de todos os lugares

Fernando